QUAL O SEU REAL
PERFIL DE
INVESTIDOR

QUAL O SEU REAL
PERFIL DE
INVESTIDOR

Faça o teste gratuito e invista com a gente

Tipos de ações: quais são elas e qual a ideal para mim?

Conheça alguns dos principais tipos de ações e veja como escolher a categoria certa para você na hora de investir

Você sabia que de acordo com o que um investidor deseja alcançar, existem vários tipos e categorias diferentes de ações a serem considerados?

Normalmente, esse é um tipo de conhecimento pouco conhecido pelos iniciantes no mercado financeiro, mas que pode ajudá-lo a ter uma vida de investidor um pouco mais simples e direcionada.

Quais são eles, suas características e oportunidades de investimento? Em qual você deve considerar investir? Confira alguns das principais categorias e tipos de ações e veja como escolher aquela que mais combina com seu estilo!

Ações ordinárias

Quando as pessoas falam sobre ações em geral, provavelmente estão se referindo a esse tipo. As ações ordinárias representam a propriedade de uma empresa e um direito (dividendos) sobre uma parte dos lucros.

Os investidores têm direito a um voto por ação para eleger os membros do conselho, que supervisionam as principais decisões da administração.

No longo prazo, as ações ordinárias geram retornos mais elevados do que quase todos os outros investimentos. Esse retorno mais alto tem um custo, já que as ações ordinárias são as que envolvem o maior risco.

Se uma empresa falir e for liquidada, os acionistas ordinários não receberão dinheiro até que os credores, detentores de títulos e acionistas preferenciais sejam pagos.

Ações preferenciais

As ações preferenciais representam algum grau de propriedade em uma empresa, mas geralmente não vêm com os mesmos direitos de voto. (Isso pode variar dependendo da empresa.)

Com ações preferenciais, os investidores geralmente têm a garantia de um dividendo fixo para sempre. Isso difere das ações ordinárias, que têm dividendos variáveis ​​que nunca são garantidos.

Outra vantagem é que, em caso de liquidação, os acionistas preferenciais são pagos antes do acionista ordinário (mas ainda após os detentores da dívida).

Ações de renda

Como o próprio nome sugere, essa ação gera uma renda estável e estável na forma de dividendo. Os especialistas consideram que têm um baixo nível de volatilidade e oferecem um alto índice de distribuição de dividendos.

Por outro lado, há menos oportunidades de investimento. Esse tipo de ações pode ser encontrado em empresas grandes e estáveis, principalmente nos setores de imóveis, recursos naturais e energia.

Ações cíclicas

Esta é uma ação de capital e depende dos ciclos de negócios – altos e baixos de uma empresa devido a uma crise econômica ou boom.

Normalmente, essas são empresas que oferecem produtos como carros, casas, equipamentos – coisas que as pessoas compram em tempos de prosperidade e cortam durante os períodos de recessão econômica.

Os investidores em ações cíclicas lucram quando compram as ações durante uma crise (o preço está em seu nível mais baixo) e as vendem durante um boom econômico, quando o preço está alto.

Ações “Blue Chip”

Esses tipos de ações são de empresas grandes e financeiramente estáveis ​​que geralmente são uma das líderes no respectivo setor.

Elas estão no mercado há muito tempo e seu valor de mercado é estimado em bilhões. Tudo isso significa que o preço de suas ações não pode crescer substancialmente porque já está alto o suficiente.

Existem muitos exemplos em quase todos os setores e, como já foi mencionado, estes são um dos que apresentam melhor desempenho. No Brasil, algumas das blue chips da B3 incluem: Vale, Petrobras e Ambev.

Ações de tecnologia

Logicamente, essas ações pertencem a empresas de tecnologia que fabricam diferentes tipos de gadgets, dispositivos, computadores, equipamentos etc.

Algumas dessas empresas, como a Microsoft, também são ações de “primeira classe”. Elas são arriscadas? Sim, definitivamente.

Por quê?

Todos nós sabemos como a tecnologia está mudando rapidamente. Basicamente, isso acontece diariamente. O novo telefone de hoje será velho amanhã.

Os resultados imprevisíveis da pesquisa tecnológica e o resultado incerto de novos produtos é um fator sério a ser considerado.

Ações defensivas

São ações que pertencem a empresas com desempenho estável e sólido, mas também resistentes aos altos e baixos da economia. Pelo contrário, eles podem até ter lucro durante as recessões econômicas.

Por exemplo, durante uma crise financeira, a maioria das pessoas corta seus hábitos de consumo, mas não consegue parar de gastar, mesmo que queira. Enquanto as pessoas evitam algumas despesas, gastam mais em serviços e produtos, geralmente mais baratos.

Um bom exemplo dessas ações são empresas como o Walmart.

Ações de crescimento

São empresas que não gostam de pagar dividendos aos seus acionistas. Elas preferem reinvestir em sua própria empresa e projetos do que distribuir dividendos aos investidores.

Essa prática garante maior lucro e retorno aos proprietários de um negócio. Existe algum risco associado a este tipo de ações? Sim existe. Se as expectativas de crescimento de uma empresa não forem as previstas, eventualmente os acionistas podem perder dinheiro porque os preços das ações cairão.

Não ter dividendos sobre suas ações é outra desvantagem associada às ações de crescimento. Em uma situação de mercado em declínio, se um investidor não receber um dividendo, são grandes as chances de ele vender primeiro suas ações de crescimento. Logicamente, isso levará ao declínio dos preços das ações.

Escolhendo as ações certas para você

Uma consideração importante ao investir não é necessariamente conhecer os tipos de ações, mas se você acredita no potencial de crescimento a longo prazo da empresa e se as ações complementam os outros investimentos que você possui.

Mas se a ideia de reunir ações individuais em uma carteira diversificada parece assustadora – e certamente pode ser – você pode querer considerar os fundos de índice de ações (ETFs).

Os fundos de índice são uma das maneiras mais fáceis de construir uma carteira diversificada.

Esses fundos permitem que você compre muitos tipos diferentes de ações em uma única transação. Eles rastreiam uma seção do mercado – como ações de grande capitalização – seguindo um índice de referência, como o S&P 500 ou o BOVA11.

POSTS RECENTES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

MATÉRIAS RELACIONADAS

A Investindo Com Valor é um produto da VGR Asset, que tem como objetivo de fornecer serviços de administração e gestão de patrimônio de forma profissional e transparente, assim como participar do processo de gestão do patrimônio de nossos clientes, criando valor através do alinhamento entre a identificação de seu perfil e a maximização do retorno de seus ativos.

RECEBA DICAS E NOVIDADES POR E-MAIL