QUAL O SEU REAL
PERFIL DE
INVESTIDOR

QUAL O SEU REAL
PERFIL DE
INVESTIDOR

Faça o teste gratuito e invista com a gente

rentabilidade em ações

Rentabilidade em ações: como calcular?

Saber calcular a rentabilidade em ações é uma das habilidades que você precisa saber na hora de investir seu dinheiro, mas como fazer isso? Confira no artigo de hoje!

Muitos investidores concentram sua atenção em como o preço de uma ação muda ao longo do tempo. No entanto, fazer uma análise desta forma nem sempre conta toda a história.

Por exemplo, você acabou de vender algumas de suas ações e teve a sorte de obter lucro. Agora, como o Tio Patinhas esfregando as mãos com cifrões nos olhos, é hora de descobrir exatamente quanto dinheiro você ganhou.

É aí que entra a rentabilidade em ações, que leva em consideração tanto os ganhos de capital quanto os dividendos, a fim de fornecer uma imagem completa do desempenho de uma ação durante um período de tempo especificado. Entenda mais sobre esse processo.

Calculando seu lucro

Antes de calcular a rentabilidade, você precisa calcular seu lucro total durante a venda de uma ação.

O primeiro passo é saber por onde começou, ou seja, qual foi o valor pago. Depois de identificar esse preço, você pode então multiplicar pela quantidade de ativos que possui.

O número resultante é conhecido como “base”. Se você comprou ações de uma empresa em momentos e preços diferentes, esse cálculo deve ser executado separadamente para cada transação.

Exemplo: comprou 1000 ações de R$ 50

R$ 50 * 1000 = R$ 50.000

Em seguida, você pode multiplicar o número de ações que vendeu pelo preço apontado no momento da venda para encontrar o total de sua receita com a operação.

Exemplo: vendeu 1000 ações por R$ 60

R$ 60 * 1000 = R$ 60.000

Você pode subtrair a base de custo da receita total para calcular o que fez. Se a receita for maior do que a base de custo, você obteve lucro, também conhecido como ganho de capital.

Exemplo:

R$ 60.000 – R$ 50.000 = R$ 10.000 (lucro)

Nesse ponto, o governo ficará com uma fatia do bolo – você deverá impostos sobre quaisquer ganhos de capital que fizer. Também é possível que a base de custo seja maior do que o produto, caso em que o lucro será negativo, também conhecido como perda de capital.

Você pode já ter esquecido, mas existem alguns custos (como taxas de corretagem ou comissões) que afetam a lucratividade do seu investimento e, dependendo de seu tamanho, podem tornar uma negociação lucrativa em uma operação não lucrativa.

Você pode contar todas as taxas que pagou e subtrair essa soma de seu lucro para descobrir qual foi o seu ganho líquido.

Observe que sua corretora pode fazer esses cálculos para você, mas saber como fazê-los sozinho pode ajudá-lo a ter uma melhor compreensão de como funciona o processo.

Você também pode fazer esses cálculos antes de vender suas ações para ajudá-lo a descobrir se faz sentido fazer isso com base no retorno potencial do investimento.

Calculando a porcentagem da rentabilidade em ações

calculo de rentabilidade de ações

O cálculo do seu lucro pode dizer quanto dinheiro você ganhou e pode ajudá-lo a descobrir quanto você deve em impostos. No entanto, isso não diz muito sobre a sua rentabilidade em ações.

O cálculo da porcentagem de ganho e perda pode ser uma ferramenta importante ao comparar o desempenho de uma ação em relação a outra. O cálculo é simples:

  1. Primeiro, calcule o ganho, subtraindo o valor base do preço que você vendeu suas ações. (Lembre-se de que, se você perder, esse número pode ser negativo)
  2. Agora, adicione os dividendos (se existirem) e divida total pelo valor original do investimento.
  3. Multiplique por 100 para obter uma porcentagem que representa a mudança em seu investimento.

Por exemplo: você fez a venda de uma ação sem dividendos por R$ 1100 e o preço que você pagou na hora da compra foi de R$ 1000. Sendo assim, o cálculo da rentabilidade ficaria:

[(1100-1000)+0] /1000 = 0,1

0,1*100 = 10%

Nesse exemplo, a rentabilidade em ações foi de 10%.

Com essa porcentagem em mãos, agora você pode ter uma ideia de como as diferentes ações que você vendeu se saíram umas contra as outras.

Por exemplo, se uma ação teve um ganho percentual de 10% e outra teve um ganho percentual de 8%, você poderia dizer rapidamente que a primeira ação teve um desempenho melhor presumindo que foram compradas e vendidas ao mesmo tempo.

Rentabilidade Real

Uma coisa que não é levada em conta no cálculo apresentado acima e que pode impactar no seu resultado é o conceito de “rentabilidade real”. Sua principal diferença é levar em consideração o desconto da inflação.

Isso é essencial para qualquer investimento, uma vez que a inflação influencia o poder de compra.

Para chegar ao valor correto, basta descontar do valor atual consolidado a variação que incidiu no período segundo o IPCA ou IGP-M, índices mais usados no mercado.

Rentabilidade em ações é a mesma coisa que lucratividade?

Se você acha que rentabilidade e lucratividade são termos muito diferentes, saiba que eles são mais próximos do que você imagina.

Lucratividade, como o nome sugere, vem de lucro, que é um termo mais usado no mundo dos negócios, que expressa a diferença positiva entre receita e custos.

Já o termo rentabilidade é mais relacionado com a bolsa de valores, uma vez que tenta demonstrar qual foi o retorno de uma aplicação financeira.

Para não gerar confusões, tente considerar lucratividade como um índice utilizado para avaliar empresas e rentabilidade um índice para avaliar ações.

Por que calcular rentabilidade em ações é importante?

No caso dos iniciantes, ter uma noção do que você pode esperar de uma aplicação pode reduzir o medo de começar a investir.

Além disso, cálculo da rentabilidade permite que você tenha uma visão geral de quão bem (ou mal) um investimento está realmente indo – não apenas como o preço de suas ações está se saindo.

Muitos investimentos em ações em particular são projetados para produzir uma combinação de renda e ganhos de capital, de modo que o cálculo de rentabilidade combina esses dois tipos de retornos de investimento em uma única métrica.

Dito isso, os investidores sabem que é difícil prever o que o mercado ou qualquer ação fará no futuro.

Justamente por esse motivo, é necessário estudar e estar sempre por dentro das últimas notícias sobre o mercado financeiro em geral, fatores macro externos e novidades específicas do setor das empresas em que se investe.

POSTS RECENTES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

MATÉRIAS RELACIONADAS

A Investindo Com Valor é um produto da VGR Asset, que tem como objetivo de fornecer serviços de administração e gestão de patrimônio de forma profissional e transparente, assim como participar do processo de gestão do patrimônio de nossos clientes, criando valor através do alinhamento entre a identificação de seu perfil e a maximização do retorno de seus ativos.

RECEBA DICAS E NOVIDADES POR E-MAIL