QUAL O SEU REAL
PERFIL DE
INVESTIDOR

QUAL O SEU REAL
PERFIL DE
INVESTIDOR

Faça o teste gratuito e invista com a gente

Entenda as diferenças de perfil de investidor: Arrojado, moderado, agressivo ou conservador

Confira as diferenças entre cada perfil de investidor e veja como isso impacta diretamente na forma como você aplica seu dinheiro.

Existem muitos tipos de investidores no mercado financeiro. Algumas pessoas estão pessimistas, acreditando que o mercado vai cair, enquanto outras estão otimistas, acreditando que o mercado está prestes a subir.

De forma geral, as pessoas normalmente podem ser categorizadas dentro de um perfil de investidor específico, que variam entre: Agressivo, Moderado e Conservador.

Veja como cada um desses perfis afeta diretamente no seu comportamento no mundo dos investimentos financeiros.

Conservadores

Os investidores conservadores são tipicamente aqueles com uma meta de curto prazo (menos de 3 anos), ou aqueles que estão aposentados buscando um fluxo de renda regular.

Essas carteiras se afastam de investimentos de capital para mais investimentos de preservação, como fundos de investimento imobiliário e títulos de renda fixa.

Esses ativos não se destinam a proporcionar grande crescimento da carteira, mas a gerar receita e preservar o saldo do principal durante a vida útil estimada do investidor.

Os investidores conservadores assumem o menor risco no mercado.

Eles não se deixam levar por investimentos arriscados e optam pelas opções que consideram mais seguras. Eles priorizam evitar perdas acima de obter ganhos.

Moderados

Como o nome sugere, os investidores de perfil moderado são relativamente mais tolerantes ao risco quando comparados a investidores conservadores.

Eles assumem alguns riscos e geralmente estabelecem uma porcentagem de perdas que podem suportar. Eles equilibram seus investimentos entre classes de ativos arriscados e seguros.

Com o perfil de investidor moderado, os indivíduos ganham menos que os investidores arrojados quando o mercado vai bem, mas não sofrem grandes perdas quando o mercado cai.

Em linhas gerais, eles aproveitam títulos de renda fixa, mas também investem em renda variável, como ações, debêntures, fundos imobiliários e outros.

Arrojados

Os investidores arrojados estão bem familiarizados com o mercado e assumem riscos um pouco maiores, mas calculados. Esses tipos de investidores estão acostumados a lidar com movimentos de alta e baixa em seu portfólio.

Devido à quantidade de risco que assumem, eles colhem retornos superiores quando o mercado está indo bem e, naturalmente, enfrentam perdas quando o mercado tem um desempenho ruim.

Essas perdas não significam que quem se enquadra nesse perfil investe sem muita estratégia. Pelo contrário, essa pessoa entende melhor o mercado e tem visão estratégica para aproveitar as pequenas oscilações do dia a dia para realizar lucros.

Agressivos

Investidores agressivos tendem a se concentrar em investimentos de capital, como ações individuais e fundos mútuos.

Eles estão abertos a mais riscos, dispostos a ver grandes oscilações de curto prazo no desempenho do mercado em uma base anual. Além disso, almejam um grande crescimento muitas vezes acima do que o desempenho do mercado de longo prazo tem mostrado.

Podemos considerar como o investidor agressivo como sendo o perfil arrojado em seu nível máximo. Ele anseia pelo maior retorno possível e em alguns momentos se deixa levar pelas emoções em busca de seus resultados.

Fatores que influenciam a tolerância ao risco

Uma das formas mais simples de definir o seu tipo de perfil de investidor é por meio da análise da sua tolerância ao risco. Dessa forma, fica bem mais simples perceber em quais das três categorias você melhor se posiciona.

Para ajudá-lo a fazer uma análise acertada, listamos alguns dos principais fatores que influenciam na hora de observar a tolerância aos riscos do mercado financeiro. Confira:

1 – Linha do tempo

Cada investidor adotará um horizonte de tempo diferente com base em seus planos de investimento.

Geralmente, mais riscos podem ser assumidos se houver mais tempo.

Uma pessoa que precisa de certa quantia em dinheiro ao final de quinze anos pode correr mais riscos do que uma pessoa que precisa da mesma quantia ao final de cinco anos.

Isso se deve ao fato de o mercado ter apresentado tendência de crescimento ao longo dos anos. No entanto, existem baixas constantes no curto prazo.

2 – Metas

Os objetivos financeiros variam de indivíduo para indivíduo. Acumular a maior quantidade possível de dinheiro não é o único propósito do planejamento financeiro para muitos.

A quantia necessária para atingir certos objetivos é calculada e uma estratégia de investimento para entregar esses retornos é normalmente perseguida. Portanto, cada indivíduo assumirá uma tolerância de risco diferente com base em metas.

3 – Idade

Normalmente, os jovens devem ser capazes de correr mais riscos do que os mais velhos.

Os jovens podem ganhar mais dinheiro trabalhando e têm mais tempo disponível para lidar com as flutuações do mercado.

4 – Tamanho do portfólio

Quanto maior a carteira, mais tolerante ao risco. Um investidor com uma carteira de R$ 50 milhões será capaz de assumir mais riscos do que um investidor com uma carteira de R$ 5 milhões.

Se o valor cair, a perda percentual é muito menor em uma carteira maior do que em uma carteira menor.

5 – Nível de conforto do investidor

Cada perfil de investidor lida com o risco de maneira diferente. Alguns investidores se sentem naturalmente mais confortáveis ​​em assumir riscos do que outros.

Pelo contrário, a volatilidade do mercado pode ser extremamente estressante para alguns investidores. A tolerância ao risco está, portanto, diretamente relacionada a quão confortável um investidor se sente ao assumir riscos.

Seu perfil de investidor depende do seu nível de tolerância

Aplicar seu dinheiro sem considerar qual é o seu perfil de investidor pode ser fatal. Um investidor deve saber como reagir quando o valor dos investimentos cai.

Muitos investidores fogem do mercado e vendem na baixa no processo.

Ao mesmo tempo, uma queda do mercado pode ser um ótimo momento para comprar. Portanto, verificar a tolerância ao risco e sempre considerar seu tipo de perfil ajuda a fazer escolhas informadas e não a tomar decisões precipitadas e erradas.

As descrições apresentadas ao longo do artigo têm a intenção de servir como um guia para esclarecer algumas das principais diferenças entre as diversas categorias de investidor.

Faça o teste online de perfil de investidor da Investindo com Valor com perguntas sobre objetivos, características e um jogo de alternativas. No final, receba seu resultado e uma carteira de investimentos alinhada com o seu perfil. Comece a investir de forma personalizada!

POSTS RECENTES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

MATÉRIAS RELACIONADAS

A Investindo Com Valor é um produto da VGR Asset, que tem como objetivo de fornecer serviços de administração e gestão de patrimônio de forma profissional e transparente, assim como participar do processo de gestão do patrimônio de nossos clientes, criando valor através do alinhamento entre a identificação de seu perfil e a maximização do retorno de seus ativos.

RECEBA DICAS E NOVIDADES POR E-MAIL