QUAL O SEU REAL
PERFIL DE
INVESTIDOR

QUAL O SEU REAL
PERFIL DE
INVESTIDOR

Faça o teste gratuito e invista com a gente

Como variar a carteira de investimentos

Veja por que diversificar a sua carteira de investimentos é uma estratégia poderosa para aumentar seus resultados e como fazer isso

A maioria das pessoas prefere economizar seu dinheiro em um banco a investir, principalmente por causa dos riscos associados ao investimento. É comum encontrar pessoas que temem a ideia de “arriscar” seu dinheiro ganho com tanto esforço até compreender uma das técnicas de gerenciamento de risco mais básicas e eficazes – a diversificação da carteira de investimentos.

Você provavelmente já ouviu falar do termo diversificação. Em finanças, diversificação refere-se ao processo de atribuição de capital de forma a diminuir a exposição ao risco.

A justificativa por trás da diversificação é simples – em média, carteiras de investimento compostas de diferentes tipos de aplicações geram retornos mais altos e apresentam um risco menor em comparação com qualquer investimento individual dentro da carteira.

Neste artigo, vamos cobrir como e por que você deve diversificar sua carteira de investimentos.

O que é diversificação?

A diversificação é um grito de guerra para muitos planejadores financeiros, gestores de fundos e investidores individuais.

É uma estratégia de gestão que mescla diferentes investimentos em um único portfólio.

A ideia por trás da diversificação é que uma variedade de investimentos produzirá um retorno maior. Também sugere que os investidores tenham um risco menor investindo em aplicações diferentes.

Por que você precisa diversificar sua carteira?

Existe um nível de incerteza em todos os mercados financeiros. Se você investir em ações, corre o risco de perder tudo se o mercado de ações quebrar.

O mesmo se aplica ao mercado imobiliário, mercados de commodities, moedas e qualquer outro investimento. No entanto, dificilmente todos os mercados quebram ao mesmo tempo, da mesma maneira.

O mesmo se aplica a investimentos na mesma classe de ativos. Por exemplo, duas ações de empresas diferentes em setores diferentes flutuam de forma diferente.

Ao diversificar, que é apenas colocar seu dinheiro em vários investimentos em diferentes setores, a probabilidade de perder uma quantia significativa de dinheiro ou todo o seu investimento é muito baixa.

Aprenda a praticar o investimento disciplinado

A diversificação não é um conceito novo. Ao analisar o passado, podemos sentar e compreender as oscilações e reações dos mercados quando eles começaram a tropeçar durante a Bolha da Internet e novamente durante a Grande Recessão.

Devemos lembrar que investir é uma forma de arte, não uma reação automática, portanto, o momento de praticar o investimento disciplinado com um portfólio diversificado é antes que a diversificação se torne uma necessidade.

No momento em que um investidor médio “reage” ao mercado, 80% do dano já está feito. Aqui, mais do que na maioria dos lugares, um bom ataque é sua melhor defesa, e um portfólio bem diversificado combinado com um horizonte de investimento de cinco anos pode resistir à maioria das tempestades.

Como diversificar sua carteira de investimentos

Aqui estão quatro etapas que você pode seguir para começar a trazer mais diversidade ao seu portfólio:

1 – Certifique-se de que seu portfólio tenha muitos investimentos diferentes

Uma maneira fácil de fazer isso é comprando ETFs, fundos de índice ou fundos mútuos.

ETFs e fundos mútuos atuam como uma cesta de ações diferentes – proporcionando diversificação instantânea. Eles negociam de forma diferente, então você vai querer ler sobre cada um em detalhes antes de comprá-los, mas eles são um método excelente para diversificar sem se complicar demais.

Os fundos de índice são outra opção excelente, pois incluem ações que refletem um índice específico, como o S&P 500 ou BOVA11. Sua diversificação pode ser um pouco mais limitada aqui, mas ainda é uma boa opção a ser considerada.

Uma carteira de investimentos devidamente diversificada deve incluir:

  • Dinheiro
  • Ações
  • Títulos
  • Fundos negociados em bolsa
  • Fundos mútuos

2 – Diversifique em tipos individuais de investimentos

Isso se torna mais desafiador quando você está comprando ações individuais, já que vai querer investir uma quantia decente para fazer o custo da negociação valer a pena. Por exemplo, você não quer gastar R$ 10 para comprar uma ação por R$ 200.

Você deve investir uma parcela mais substancial, para economizar dinheiro em taxas. Por causa disso, muitas pessoas acabam com um punhado de ações em seu portfólio, colocando-as em risco.

Portanto, ao investir em ações, por exemplo, não se concentre em quantidades, mas sim em diferentes tipos de ações em diferentes setores.

Também é essencial ter ações com renda mista, crescimento, capitalização de mercado, entre outras métricas. Ao investir em coisas como títulos, considere títulos com diferentes qualidades de crédito, duração e vencimento.

3 – Considere os investimentos com risco variável

Ao diversificar seu portfólio, escolha diferentes investimentos cuja taxa de retorno seja diferente para garantir ganhos substanciais para certas compensar perdas em outros investimentos.

Lembre-se de que, embora a intenção seja minimizar o risco, você não está restrito apenas às ações de blue chips.

Uma boa metodologia a ser usada aqui é examinar as ações estrangeiras. As ações de outros países tendem a ter um desempenho um pouco diferente e normalmente equilibram bem uma carteira de investimentos domésticos pesados. Você também pode observar as ações de pequena ou média capitalização, que são mais jovens e mais voláteis.

4 – Reequilibre seu portfólio regularmente

Ao contrário da crença popular, a diversificação não é uma tarefa única. Você deve verificar seu portfólio com frequência e fazer as alterações necessárias quando o nível de risco não for consistente com seus objetivos financeiros ou estratégia.

Uma boa sugestão é reequilibrar seu portfólio pelo menos duas vezes por ano.

Diversificação é a chave

Investir pode e deve ser divertido. Se você está pensando “como investir meu dinheiro?” Fique tranquilo, existem várias formas. Pode ser educacional, informativo e gratificante. Ao adotar uma abordagem disciplinada e usar estratégias de diversificação, você pode acreditar que o investimento é recompensador mesmo nos piores momentos.

Aproveite para fazer nosso teste e descobrir qual é o seu perfil de investidor.

Ao ter essa informação em mãos, você pode escolher as aplicações mais adequadas para sua realidade e conseguir diversificar sua carteira de investimentos.

Dessa forma, além de proteger seu patrimônio, é muito provável que você alcance ótimos níveis de retorno no longo prazo!

 

POSTS RECENTES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

MATÉRIAS RELACIONADAS

A Investindo Com Valor é um produto da VGR Asset, que tem como objetivo de fornecer serviços de administração e gestão de patrimônio de forma profissional e transparente, assim como participar do processo de gestão do patrimônio de nossos clientes, criando valor através do alinhamento entre a identificação de seu perfil e a maximização do retorno de seus ativos.

RECEBA DICAS E NOVIDADES POR E-MAIL